sábado, 6 de novembro de 2010

Eu te amo não diz tudo

VOCÊ SABE OQE É SER AMADA(O) SENTIR-SE AMADA(O)?

Você sabe qe é amado pqe lhe disseram isso, as três palavrinhas mágicas. Mas saber-se amado é uma coisa, SENTIR-SE AMADO É OUTRA, uma diferença de milhas, um espaço enorme para a angústia instalar-se.

A demonstração de amor requer MAIS do qe beijos, sexo & verbalização, apesar de nn sonharmos com outra coisa: se o cara beija, transa & diz qe me ama, tenha a santa paciência, vou qerer qe ele faça pacto de sangue também?

Pactos. Acho qe é isso. Nn de sangue nem de nada qe se possa ver & tocar. É um pacto silencioso qe tem a força de manter as coisas enraizadas, UMA PACTO DE ETERNIDADE, mesmo qe o destino um dia venha a dividir o caminho dos dois.

Sentir-se amado É SENTIR QE A PESSOA TEM INTERESSE REAL NA SUA VIDA, qe zela pela sua felicidade, qe se preocupa qando as coisas nn estão dando certo, qe sugere caminhos para melhorar, qe coloca-se a postos para ouvir suas dúvidas & qe dá uma sacudida em você, caso você esteja delirando. “Nn seja tão severa consigo mesma, relaxe um pouco. Vou te trazer um cálice de vinho.”

Sentir-se amado é ver qe ele lembra de coisas qe você contou dois anos atrás, é vê-la tentar reconciliar você com seu pai, é ver como ela fica triste qando você está triste & como sorri com delicadeza qando diz qe você está fazendo uma tempestade em copo d’água. “Lembra qe qando eu passei por isso você disse qe eu estava dramatizando?” Então, chegou sua vez de simplificar as coisas. “Vem aqi, tira esse sapato.”

SENTEM-SE AMADOS AQELES qe perdoam um ao outro & qe nn transformam a mágoa em munição na hora da discussão. Sente-se amado aqele qe se sente ACEITO, qe se sente BEM-VINDO, qe se sente INTEIRO. Sente-se amado aqele qe tem sua solidão respeitada, aqele qe sabe qe NN EXISTE ASSUNTO PROIBIDO, QE TUDO PODE SER DITO & COMPREENDIDO.

Sente-se amado qem se sente seguro para ser exatamente como é, SEM INVENTAR um personagem para a relação, pois personagem nenhum se sustenta muito tempo. Sente-se amado qem nn ofega, mas suspira; qem nn levanta a voz, mas fala; qem nn concorda, mas escuta.

Agora sente-se e escute: eu te amo nn diz tudo.

M.M

________________________________________________________________________________

- Eu nunca tinha visto um amor assim, tão puro & verdadeiro sem previsão de fim, & qando tá mais perto , mais perto qer ficar, & um minuto longe dá vontade de chorar, CHEGOU NA HORA CERTA, CONQISTOU MEU CORAÇÃO, eu já nn aguentava viver só desilusão, você me abraçou fez carinho & me acolheu, & deito no seu colo, o seu amor me deu, fez uma tatuagem no meu coração, qe nem as marcas do tempo conseguiram apagar, VOCÊ ME FAZ FELIZ & me olhando você diz:

Ai como eu te amo, ai como eu te quero, AGT SE AMA NÃÃÃO DÁ PRA NEGAR. Ai como eu te amo, ai como eu te quero, O NOSSO AMOR , É LINDO, é lindo como o mar.

Para você eu nn tenho medo de dizer EU TE AMO, pois qando essas palavras saem da minha boca transmitem todo esse COMPANHEIRISMO & CUMPLICIDADE qe elas significam.

sábado, 2 de outubro de 2010

sexta-feira, 17 de setembro de 2010

- Meu 1° seliinho *--*

Ganhei meu 1° seliinho & estou MUIITO MUIITO feliz & qem me presenteou foi a Jessica Damasceno do blog - http://jessicasilvinhad.blogspot.com/ - COISAS MINHAS

Regrinhas:

1°Comentar sobre o blog de quem te presenteou com o selinho - coisas minhas, é um dos blogs PERFEIITOS qe eu sigo, sempre qe eu tenho tempo & aparecem novidades por lá eu passo para dar uma olhadiinha, lá eu posso buscar palavaras qe expressam meus sentimentos , muiito lindo, podem visitar, vale apena hihi

Dizer 3 coisas que me levam ao delírio. - Meu namordinho lindo & maravilhoso kkkk, as pessoas qe eu amo(familia, amigos & derivado), & as felicidade qe TODOS ELES me trazem .

& repassar para mais 5 blogs -
http://petalasdeumafloremmim.blogspot.com/ - PÉTALAS DE UMA FLOR EM MIM

Pena qe eu nn posso colocar maiis, pqe eu mo TODOS os blogs qe eu sigo *-*
OBRIGADAA AMORES POR ME SEGUIREM TBM !

terça-feira, 10 de agosto de 2010

- Tlve'z oqe nos assuste


-Talvez o que mais nos assuste quando o amor vem à tona seja essa habilidade que ele tem para revelar os nossos medos todos. As nossas belezas. As nossas feiuras. As nossas sementes que puderam florescer com viço. As nossas sementes que não conseguiram dizer suas flores. As nossas sementes que temem florir. Talvez o que mais nos assuste quando o amor vem à tona seja essa habilidade que ele tem para revelar as nossas borboletas que souberam se desvencilhar dos casulos. As nossas crisálidas apavoradas por se saber com asas, embora sonhem, encantadas, com o néctar da vida. As nossas feras vorazes e ressentidas. Talvez o que mais nos assuste quando o amor vem à tona seja essa habilidade que ele tem para revelar os nossos avanços. A nossa estagnação. Os nossos fracassos. As nossas vergonhas. As nossas vaidades. A nossa arrogância, que muitas vezes não é outra coisa senão um disfarce que o embaraço usa para esconder o conflito por sentirmos tanto afeto sem saber direito como expressá-lo. Como fazê-lo circular.

Talvez o que mais nos assuste quando o amor vem à tona seja essa habilidade que ele tem para revelar a existência de feridas que pensávamos estar cicatrizadas, mas que ele delata sem cerimônia, sem medir palavras, olhando bem dentro dos nossos olhos, que ainda não estão, não. Que algumas bolas de ferro muito antigas continuam presentes, embora, teimosos, tentemos avançar mesmo com elas, arrastando todo o peso do mundo, em vez de escolher a pausa necessária para soltá-las dos nossos pés. Talvez o que mais nos assuste quando o amor vem à tona seja essa habilidade que ele tem para revelar que quanto mais a luz canta, mais a sombra se mostra. Que embora a gente insista em fugir da sombra correndo para debaixo do sol, ela nos acompanha, incansável, até aceitarmos integrá-la. Que precisamos olhá-la com carinho e deixar que caminhe com a gente sem tentar fugir dela.

O amor nos desnuda a alma, nós que muitas vezes, ao longo da vida, nos enchemos de peças de roupa de tudo o que é tipo, físicas ou sutis, óbvias ou disfarçadas, para tentar escondê-la. Saber a própria alma nua e não ter jeito de tapar-lhe as partes íntimas, de inibir sua exibição, de pedir-lhe modos, é um desconforto dos grandes para quem se acostumou a viver pequeno por parecer mais cômodo, sem arredar os movimentos do território áspero do ilusório controle. É um desconforto dos grandes para quem se acostumou a tratar a emoção com recato, sob o custo de amordaçar a alegria fluida do tambor do prazer. Essa que ressoa, sempre, mesmo que aparentemente silenciosa, no nosso coração. O amor chega e abre as janelas, escancara as portas todas, rasga o tecido frágil das redomas que criamos para nos proteger, a gente se assusta. Olhando de perto ou de longe, não é sem razão.

É no encontro em que eu olho verdadeiramente o outro, em que consigo amá-lo com todas as belezas e esquisitices que ele tem, em que consigo admirá-lo do jeito que ele é, em que consigo ouvir com a alma que também venho dos lugares de onde ele vem, que eu me vejo com mais nitidez. Desfeitas algumas ilusões, a impressão que dá é que conhecemos o outro é de nós mesmos. Que perspicácia da vida, meu Deus, isso de fazer as pessoas se encontrarem por meio do amor, que, quando vem à tona, latente que pulsa a maior parte do tempo, remexe em tudo, esvazia falsas verdades, inaugura saberes e sabores, bagunça o coreto todinho, faz a gente olhar para a própria nudez. E começar a gostar dela. A respeitá-la.

A princípio, quando o amor vem à tona, a gente acha que precisa se entender com o outro, sobretudo. Não é verdade, o chamado principal é de outra natureza. Com o outro, se a fluência permitir dos dois lados, pode acontecer um encontro lindo, real e imperfeito, como todos, e é claro que a gente torce por isso. Pode não acontecer também, às vezes o tempo de duas pessoas, por mais que se gostem, não coincide para o desafio bom da vivência mútua do afeto. Mas, o amor pelo outro é, principalmente, esse espelhamento: no fundo, quando vem à tona, o chamado é para nos entendermos com nós mesmos. Com a nossa história. Com as nossas sementes. As nossas flores. As nossas borboletas. As nossas feras. As nossas feridas. As nossas luzes. As nossas sombras. A nossa alma.

Os espelhos materiais de casa não contarão nunca o que o espelho do outro nos mostra. O amor, sendo divino pelo seu caráter criativo e transformador, é também o que de mais humano existe. No amor, com todas as minhas singularidades, eu me irmano com toda gente. E reconheço que, embora não saibamos muito bem o que fazer com a essência desse lume, com tudo o que dispõe e possibilita, ele clareia os caminhos e nos faz avançar, nos ajuda a ser mais parecidos com nós mesmos. Mais inteiros. Mais espontâneos. Mais livres. Mais generosos. Embora não saibamos muito bem o que fazer com o amor, ele sabe o que faz com a gente. Ninguém, arrisco, permanece igual depois da diferença de um encontro de amor. Alguns se acovardam tanto, que às vezes parece que é pra sempre. Outros, passam a ter mais coragem, ainda que com todo o medo. Mas, pra gente viver não é preciso mesmo não ter medo. É preciso, apesar dos medos todos, ter valentia para ser e sentir, essa capacidade que o amor, habilidoso, consegue burilar com toda a calma do mundo em nós.

- Ana Jacobo

sábado, 7 de agosto de 2010

- Namorado não é roupa !


- Eu sempre tiive formado na minha cabeça qe namoro é algo SÉRIIO. Eu, para iniciiar meu namoro, tiive que ter a certeza que eu gostava dele, que ele gostava de mim & que era uma pessoa boa, & iisso foii dps de variias conversas ao concluiir isso, vii que estava pronta para namorar. & hoje vejo qe namoro é um compromiisso & tanto, onde vc'ê tem qe cuidar da sua viida & da viida do seu am'r também. Namorar é assumiir responsabilidades & estar juntos para o que der e vier. Namorar é aciima de tudo, amor & respeito.

Mas o qe se vê por aí é totalmente diiferente do qe eu sempre imagineii. Garotos & garotas iniciam & termiinam namoros como se fosse a coisa maiis banal do mundo! Eu realmente nn entendi como se pode namorar sem amar de verdade. Pqe para miim é isso qe parece, qe essa onda de assumir relacionamento é meramente um modiismo, onde meniinas & meniinos exibem seus parceiros como objeto. Namorar pra qe então? Só pra diizer qe nn está soziinho, qe está solteiiro? Sinceramente, isso é RIDIICULO. Já vi ínumeras vezes pessoas assumindo um compromisso, fazendo miil & uma declarações de am'r, via twitter ou orkut (ou qualquer outro meio de comunicação), só para deixar bem claro pra quem quiiser ver que eles formam o casal maiis perfeiito do mundo. E o qe geralmente acontece em pouco tempo? A separação do vulgo perfeiito casal. E assim a história toma todo um contexto, onde primeiiro vem a triisteza & a dor anunciada a todos, mostrando qão foi triiste a separação, para logo algumas semanas depoiis, publicar qe está amando novamente como nunca amou & assumindo maiis uma *TOLA* pessoa.

Como diiz a músiica 'amor para miim é documento'.Então nn faça do am'r algo sujo, sem real valor. O am'r é maiis do qe a imagem qe vc'ê tenta criiar, em vão. O am'r só pertence a qem realmente sabe amar!

- & é assim, gostando cada diia mais


- Mas eu gosto dele, dia mais dia, mais gosto. Digo o senhor: como um feitiço? Isso. Feito coisa-feita. É ele estar perto de mim, & nada me falta. É ele fechar a cara & estar tristonho, & eu perco meu sossego."

- João Guimarães Rosa

- á espera

...nn tente chegar na hora marcada
ele pode viir antes, ou chegar depoiis
o am'r deiixa sempre esperando...'
Martha Medeiros

- lembrando

- Fiicou na memória dos meus olhos o clarão do sorriso dos seus.
Depois disso, tudo o qe sorri pra miim com algum sol faz eu lembrar de v'cê.'
- Ana Jácomo

quarta-feira, 30 de junho de 2010

seja sincero, seja só vc' msm

- Me deixa ser egoísta. Me deixa fazer vc' entender qe eu gosto de mim & qero ser preservada. Me deixa de fora de suas mentiras & dessa conversa fiada. Eu sou uma espécie qase em extinção: eu acredito nas pessoas. & eu qase acredito em vc'. Nn precisa gostar de mim se nn qiser. Mas nn me faça acreditar qe é amor, CASO SEJA APENAS DERIVADO. Nn me diga nada (ou me diga tudo). Nn me olhe assim, vc' diz tanta coisa com um olhar. & olhar mente, eu sei! & eu sei pqe aprendi. Também sei mentir das formas mais perversas & doces possíveis. (Sabia?) Mas meu coração está rouco agora. GRAVE! Vc' percebe? Escuta só como ele bate. O tumtumtum nn é mais o mesmo. Nn qero dizer qe o tempo passou, qe vc' passou, qe a ilusão acabou, apesar de tudo ser um pouco verdade. O problema nn é esse. Eu nn me contento com pouco ( nn mais ). Eu tenho MUITO dentro de mim & nn estou a fim de dar sem receber nada em troca.

.
Fernanda mello

terça-feira, 29 de junho de 2010

- AGT VAI A LUTA & inventa um novo sonho *.*

- Sei qe todos, algum dia, acordamos com a senhora desilusão sentada na beira da cama. Mas a gente vai à luta & inventa um novo sonho, uma esperança, mesmo recauchutada:vale tudo menos chorar tempo demais. Pois sempre há coisas boas para pensar. Algumas se realizam. Criança sabe disso.'

Lya Luft

- Apenas ele

- Daqi, ligando pontos, encaixando peças, eu me surpreendo: nn tive muita coisa qe eu qeria, mas tive tudo de qe eu precisava.'

Ana Jácomo

- Independente de tudo o qe existe, é o amor que transforma, irrita, movimenta, embeleza, enfeia, impulsiona, destrói, liberta & prende. Em sua órbita, apenas distrações."

Martha Medeiros - Divã

- Testes

- Paixão antiga sempre volta nos momentos de fraqueza, amor antigo nos testa qando estamos fortes.'
Fabricio Carpinejar

- Eu qis ele por uma aventura, uma risada, uma distração. Depois qis o colo dele para sempre. Como eu preciso ser amada meu Deus, pra parar de dar de bandeja o meu sorriso por aí.'
Tati bernardi

sempre volta

- V'c acha qe o nosso am'r pode fazer milagres?
- Eu acho qe o nosso am'r pode fazer tudo aquilo qe qisermos.
É isso qe te traz de volta pra mim o tempo todo.'
Caio Fernando Abreu

sábado, 26 de junho de 2010

- Aqii dentro

- Pqe o tempo nn volta, ngm vai me dizer, mas isso não me Incomoda TANTO
Se eu trago vc'ê, Só eu sei A IMPORTÂNCIA
Só eu sei a força qe tem

Tudo qe vc'ê me disse Eu guardei muito bem Aqi dentro, Me ensinando, me relembrando qe viver é bem mais qe qerer ver o tempo voltando Mas de vez em qando eu sinto a sua ausência REAL
& por mais qe me esforce eu nn consigo achar natural
Qe só possa ver vc'ê em fotos
Qe já nn dizem mais nada
Qando eu sei qe as idéias ficaram & dizem muito mais

Aqi dentro, me ensinando, me relembrando
Qe viver é bem mais qe qerer ver o tempo voltando

Eu preciso te falar
TANTA coisa já MUDOU
Tanto tempo se passou
Desde o momento em qe o tempo
Parou em vc'ê.


BIQINI CAVADÃO

quinta-feira, 24 de junho de 2010

- Simples Juntos - Alanis Morissette

- Vc'ê foi MEU MELHOR AMIGO, um amigo de ouro. [DIZEM QE NOSSOS AMORES TEM QE SER NOSSOS MELHORES AMIGOS NN É?]

Mas agr com a carta de morte na mão,
nn posso ir até vc'ê para me consolar,
porque estamos fora de alcance durante essa fase. [ INCRIVELMENTEE POR UMA ESCOLHA IMBECIL DA SUA PARTE --']

Este sofrimento me surpreende.
& queima meu estômago
e nn consigo parar de dar de cara com certas coisas.

Eu pensei qe seríamos simples JUNTOS
Eu pensei qe seríamos FELIZES juntos
Pensei qe seríamos sem limites juntos
Eu pensei qe seríamos preciosos juntos
MAS EU ESTAVA TRISTEMENTE ENGANADAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA

Vc'ê foi minha alma gêmea & tudo o mais
Eu lembro do momento em que conheci vc'ê [ MARAVIILHOSO DESDE O INICIIO ]
Com vc'ê eu vi diversão & desenvolvimento [ MAIIS TBM SEII TER ISSO SEM VC'Ê ]

Essa perda está me entorpecendo [ EU TÔ LEVANDO A VIA MUIITO BEEM AGR,NN COMPARTILHAR MINHAS ALEGRIIAS CTG NN É O FIM DO MUNDO, VC'Ê QE TÁ PERDENDO TODAAAAAAA MINHA FELIICIDADE ]
Ela atravessa meu peito, [ NN EXISTE MAS MEDO OU RECEIO SÓ ALEGRIIAA DEMASIIADA]
& eu nN consigo parar de desistir de tudo. [A CADA TROPEÇO LEVANTO]

Eu pensei qe seríamos atraentes juntos
Pensei qe nos desenvolviríamos juntos
Eu pensei qe teríamos crianças juntos
Eu pensei qe seríamos uma família juntos
Mas eu estava tristemente enganada

Se eu tivesse uma conta para todas as filosofias qe dividi
Se eu tivesse um centavo por todas as opções qe dei
Se eu tivesse uma moeda para cada mão acenada
Minha riqueza poderia reverter isso facilmente

Eu pensei qe seríamos talentosos juntos
Eu pensei qe nos curaríamos juntos
Eu pensei qe cresceríamos juntos
Pensei qe seríamos aventureiros juntos
Mas eu estava tristemente enganada

Pensei qe exploraríamos juntos
Pensei qe inspiríamos juntos
Eu pensei qe voaríamos juntos
Pensei qe pegaríamos fogo juntos
Mas eu estava tristemente enganada.



EU SÓ PENSEEEEEEEEEEEIIIII.... PENSEI ALTO DEMAIS, POR SORTEEEEE NN CAI.

- OS MELHORES

- Deixe sua esperança, e não seus ferimentos moldarem o futuro!" - Robert Shuller

- Tenho medo de ausências prolongadas..
vc' pode se acostumar, vc' pode gostar, esqecer ou ser esqecida..."

- Dina Isserlin

... Seja alguém simples. seja algo qe vc' ama
& entende. esqeça o resto, tudo qe vc' precisa está na sua alma...
e em seu coração.

- Caio F. Abreu

- Qem pode explicar o qe me acontece dentro?
Eu tenho qe responder às minhas próprias demências
& tenho qe ser discreta para me receber em confiança.
& tenho qe ser lógica para entender minha própria confusão.
Ser ao mesmo tempo o veneno e o antídoto.

Martha Medeiros

a verdade ²

- Ando no escuro para tocar onde nn devo. Am'r é tocar onde nn se deve. E curar sem entender a doença.-
- Fabrício Carpinejar

a verdadee

- A realidade é qe nn te amo com meus olhos qe descobrem em ti mil falhas, mas com meu coração, qe ama o qe os olhos desprezam.'
William Shakespeare

terça-feira, 22 de junho de 2010

- As vezes as forças SOMEEM..

- Apesar de ter CERTEZA qe será melhoor pra miim.

- ANTECIPAÇÃOO

- Um, dois &... qando me dou conta, já fui, me joguei
antes de contar até três disse o qe nN era para ser dito
fiz coisas qe nN era para ter feito
me arrebento rápido, nem dói de tão ligeiro
MENTIRAA, dói de qualquer jeito."

Martha Medeiros

- Acho qe isso é am'r

"-Então Charlie Brown, o que é amor pra você?
-Em 1987 meu pai tinha um carro azul.
-Mas o que isso tem a ver com o amor?
-Bom acontece que todo dia ele dava carona pra uma moça.
Ele saia do carro abria a porta pra ela, quando ela entrava, ele fechava a porta
dava a volta pelo carro, e quando ele ia abrir a porta pra entrar, ela apertava a tranca.
-Ela ficava fazendo caretas, e os dois morriam de rir.
-Acho que isso é amor!"

- Dá ?

- Passa a dor do am'r, vem a trégua, o coração limpo de novo, os olhos novamente secos, a boca vazia.
Nada de bom está acontecendo, mas tbm nada de ruim.
Um novo am'r ? Nem pensar. Medo, respondemos.
Qe corajosos somos nós, qe apesar de um medo tão justificado, amamos outra vez & todas as vezes qe o am'r nos chama, fingindo um pouco de resistência mas sabendo qe para sempre é impossível recusá-lo
.

- MARTHA MEDEIROS

-Contiinue no erro, mais ACREDITE, qando voltar, nn estareii mais a sua espera

- E agora está vc'ê aí, com esse am'r qe nn estava nos planos.
Um am'r qe nn é a sua cara, qe nn lembra em nada um amor idealizado. E, por isso msm, um am'r qe deixa vc'ê em pânico & em êxtase. Tudo diferente do qe vc'ê um dia supôs, um am'r qe te perturba & te exige, qe nn aceita as regras que vc'ê estipulou.
Um am'r qe a cada manhã faz vc'ê pensar qe de hoje nn passa, mas a noite chega & esse amor perdura, um am'r movido por discussões qe vc'ê nn esperava enfrentar & por beijos para os qais nem imaginava ter tanto fôlego.
Um am'r
errado como aqeles que dizem qe devemos aproveitar enquanto nn encontramos o certo, & o certo era aqele outro qe vc'ê havia solicitado, mas a vida, qe é péssima em atender pedidos, lhe trouxe esse & conforme-se, saboreie esse presente, esse suspense, esse nonsense, esse am'r qe vc'ê desconfia qe nn lhe pertence.” (…)

- MARTHA MEDEIROS

quarta-feira, 16 de junho de 2010

- Qantoo?

- Cada um deve se perguntar o quanto de verdade
é capaz de suportar."

Nietzsche

cada dia um pouco mais. seja o que for.

- Acrediitando

- Coragem de ser melhor, de ajustar os tons, de se fazer conforme os próprios sonhos...”
[Fernanda Mello]

- estou ?

Bom, feliz talvez ainda nn. Mas tenho assim... aquela coisa... como era mesmo o nome?
Aquela coisa antiga, qe fazia a gente esperar qe tudo desse certo, sabe qual?
— Esperança? Não me diga que vc' está com esperança!
— Estou, estou.

[Caio Fernando Abreu]

- arriscando

- Qero o circo todo a que tenho direito: sedução, fantasia, tempo. Qero um romance longo, qero intimidade. Fazer cena de ciúme, terminar, voltar, amar, brigar de novo, telefonar, pedir desculpas, retornar. Amantes bem comportadas são um tédio.'

(Martha Medeiro)

- assim ...

- Pois namorar nn é só juntar duas atrações, no velho estilo ou no moderno estilo, com arrepios, murmúrios, silêncios, caminhadas, jantares, gravações, fins-de-semana, o carro à toda ou a 80, lancha, piscina, dia-dos-namorados, foto colorida, filme adoidado, rápido motel onde os espelhos nn guardam beijo & alma de ninguém. Namorar é o sentido absoluto qe se esconde no gesto muito simples, nn intencional, nunca previsto, & e dá ao gesto a cor do amanhecer, para ficar durando, perdurando, som de cristal na concha ou no infinito."

(Drummond)

terça-feira, 15 de junho de 2010

- agt cansa.

- Eu qeria arrancar o romantismo de dentro de mim. Qeria qe meus anticorpos se tocassem & partissem para o combate contra todo esse blá blá blá de amor. Cansei de esperar a declaração de alguém como nos filmes & livros, ninguém está esperando pra me dizer que me amou a vida toda. Cansei de me apaixonar por olhos piedosos, de viver a espera de alguém que talvez nem exista, cansei!

(Verônica H.)

sábado, 12 de junho de 2010

- Pra seguir adiante.

- Passamos a vida toda ouvindo qe namorados vêm e vão, mas os amigos ficam. Parece até qe os amigos são o prêmio de consolação qe a vida nos dá, por sofrermos tanto. Mas um triste belo dia descobrimos qe nn, os amg's tmbm vão. & se nn qisermos acompanhá-los ao destino para o qal eles caminham é preciso deixá-los ir. Terminar uma amizade é como romper um namoro: é preciso esquecer os bons momentos, as boas risadas, os abraços, as provas de lealdade, abafar o am'r ainda latente, & pensar somente no fato concreto de qe nn dá mais certo. Aqueles 15 minutos de alegria diária qe a amizade provoca nn compensam as outras 23 hr's & 45 minutos de problemas e brigas nas qais ela resulta. Qando uma amizade está cheia de interrogações é preciso colocar um ponto final & arrancar o restante da página, para ninguém mais escrever. Qando um amg'o nn acredita mais em vc' é preciso qe vc' acredite em vc' & o deixe ir. Qando um amg'o nãn confia mais em vc' é preciso qe vc' confie em vc' & o deixe ir. E nn há nada mais egoísta do qe insistir no qe nn dá certo apenas para nn perder. Nn seja covarde, busque o novo! Perca & se reencontre. Liberte seu amg'o, torça pela felicidade dele & para qe ele consiga com outro alguém ter uma amizade saudável como a qe vc's nn conseguiram ter. Apoie-se nos seus outros amig's, disfarce o choro, & deixe aquele amigo ir, pelo bem de todos. E se um dia te perguntarem sobre aqele amg'o, responda "sim, nós fomos felizes juntos, um dia". E enquanto uma parte dos amig's ainda se lembrar vc's estarão juntos de alguma forma, mais distante, mas nn menos bonita.

- Tive tempo de refletir sobre a natureza das coisas & de como algumas pessoas podem nos ser tão necessárias um dia & sumirem no dia seguinte... nn era para durar?
(
Três formas de amar - 1994)

*Dedicado aos amigos que a vida me fez reencontrar, para nos desencontrarmos.


- Ruleandson do Carmo

pensamentos & vontades


- Ontem, inventei uma desculpa, para te procurar. Liguei, não consegui. Inventei uma desculpa, para dizer que ainda te amo. Inventei uma desculpa, para deixar o medo de lado. Inventei uma desculpa, para te contar que o seu lugar é aqui. Se eu não posso ter (ainda), nada pode me impedir de imaginar. Pensei que isso tudo era real, que você (quem?) era real e que o amor finalmente poderia existir. Mas, no fim, inventei uma desculpa, para esquecer isso tudo, desistir e sorrir. Inventei uma desculpa, para ser feliz (e não seria isso, viver?).

quinta-feira, 3 de junho de 2010

- agt aiinda se vê ?

- Há uma porção de coisas minhas qe vc' nn sabe, & qe precisaria saber para compreender todas as vezes qe fugi de vc' e voltei e tornei a fugir. São coisas difíceis de serem contadas, mais difíceis talvez de serem compreendidas — se um dia a gente se encontrar de novo, em amor, eu direi delas, caso contrário nn será preciso. Essas coisas nn pedem resposta nem ressonância alguma em vc': eu só qeria qe vc' soubesse do muito amor & ternura que eu tinha — & tenho — pra vc'. Acho qe é bom agnt saber qe existe desse jeito em alguém, como vc' existe em mim.'

- Caio Fernando Abreu.
retirado do blog - MAIS AMOR, POR FAVOR - http://maisamorporfavor.blogspot.com/












terça-feira, 1 de junho de 2010

- meu interiior

- É tempo de recolher a fantasia & me voltar um pouco para dentro.

- Caio Fernando Abreu

- nadaa de saudades

- Nn gosto desse passarinho. Nn gosto de violão.
Nn gosto de nada qe põe saudades na gente.


- João Guimarães Rosa'




segunda-feira, 31 de maio de 2010

- se agt pudesse ter tudo qe DESEJAA.'

- Eu só qeria... encontrar alguém. E qeria agora. Alguém para ouvir meus sonhos, pesadelos, vitórias, derrotas, medos & INSANIDADES... Alguém qe entenda meus gostos, que me faça descobrir novos! Alguém para abraçar e beijar, para ficar de mãos dadas... Passear à toa ou ficar sem fazer nada, mas qe ficasse cmg. E imaginar o futuro juntos! 'Preciso de alguém, & é tão urgente o qe digo. PERDOEM excessivas, obscenas carências, pieguices, subjetivismos, mas preciso tanto & tanto. Perdoem a bandeira desfraldada, mas é assim qe as coisas são-estão dentro-fora de mim: secas' (Caio Fernando Abreu).

Ah, & eu também só qeria qe tudo fosse mais fácil, qe as pessoas fossem menos cheias de si & respeitassem os meus sentimentos! Qe ngm me julgasse por ser assim, por nn fazer mal a ninguém, mas nn ser como elas qeriam qe eu fosse.

O amor para mim... é aceitar alguém como ele é. O amr' é desejar o bem do outro, é ajudá-lo qando preciso, aconselhar, corrigir qando o outro nn está indo no caminho certo. É o melhor sentimento qe alguém pode ter para com o outro! É o que nos fortalece & nos ajuda a seguir em frente! :)

Na vida eu aprendi qe todo mundo vai me magoar em algum momento, visto qe ninguém é perfeito, mas cabe a mim decidir qem eu qero levar comigo. Aprendi qe devo conhecer a essência e nn pré-conceituar algo-alguém. E também devo ser mais receptivo, deixar conhecer. Aprendi qe posso me sentir triste e/ou só em alguns momentos, mas nn posso deixar qe isso me consuma, devo reagir sempre!

Minha frase preferida é 'Se tu vens, por exemplo, às qatro da tarde, desde as três eu começarei a ser feliz' (Antoine de Saint-Exupéry).'

- fragmentada

- Chegar ao centro, sem partir-se em mil fragmentos pelo caminho. Completo, total. Sem deixar pedaço algum para trás.'

(Caio Fernando Abreu)

- fantasiias

- Fiz fantasias. No meu demente exercício para pisar no real, finjo qe nn fantasio. E fantasio, fantasio. Até o último momento esperei qe vc' me chamasse pelo telefone. Qe vc' fosse ao aeroporto. Casablanca, última cena. Todas as cartas de amor são ridículas.Esse lugar confuso de que fala Caetano.E eu estava só começando a entrar num estado de amor por vc'. Mas nn me permiti, nn te permiti, nn nos permiti.

- Caio Fernando de Abreu.'