quinta-feira, 20 de maio de 2010

- Tudo qe eu qeriaa,qeroo, espero conseguiir.


- Eu te mataria todas as noites qando roubas o meu sono, qando roubas os meus sonhos. Destruiria todas as lembranças qe me levam ao telhado no inverno. Acabaria com todo esse desconforto qe sinto qando estou sozinha. Eu te cortaria em pedaços, mas em fragmentos tão pequenos qe nem o diabo te reconheceria. Fingiria mil defeitos, fingiria mil sorrisos.
Eu te mataria todas as vezes qe me sinto inofensiva. Te moeria a cada lágrima qe eu derramasse. Te perderia todas as vezes qe a distância nos vencesse. Te esqeceria só para lembrar mais de mim. Só para ter certeza qe há pessoas qe nn se apagam, só para certificar o qão tola eu seria ao fracassar em todas as tentativas de te tirar de mim.


Bruna Berri

4 comentários:

  1. Pode matar, mais depois dá um antídoto e traz ele de volta, pq. senão vira fantasma e ai sim, vai te perturbar todas as noites... Querida, amei seu texto mega sensível, mais a verdade é q. agente mata um leão todos os dias e as vezes são até dinossauros... O amor é assim meRmo, um dia amamos, no outro odiamos e neste vai e vem, procuramos a nossa felicidade. Voltarei mais vezes.Bjitos no seu coração

    ResponderExcluir
  2. Dá pra sentir a tua verdade. Fofo teu texto. :)

    ResponderExcluir